Loading...

A importância da ligação entre a mãe e o bebé!

Susana Lopes

A ligação maternal é a relação, a ligação que existe entre a mãe e o seu bebé. Este é um processo vital para a sobrevivência do bebé e, de facto para a sobrevivência de toda a humanidade. É o primeiro contacto com o amor que temos na nossa vida, o que começa ainda antes da gravidez, na altura em que a mãe está a pensar ter um filho, e que vai continuar ao longo da gravidez e ainda no princípio da infância. Os primeiros três anos de vida do bebé fora do útero são críticos para o seu desenvolvimento não só fisicamente mas também emocionalmente.

Durante a gravidez a mãe carrega o bebé no útero
No parto, a mãe vai carregar o seu bebé na chegada ao mundo
Após a gravidez, a mãe vai dar as boas vindas do seu bebé ao mundo


E todo este processo se baseia num vínculo de conexão! Frequentemente as mães continuam a experienciar este vínculo íntimo com o seu bebé ao longo da vida até mesmo quando a criança já chegou à idade adulta. A mãe continua a sentir o seu filho. Há casos onde, por exemplo, ocorre um acidente ou algo inesperado e a mãe sente no seu coração que algo não está bem com a sua criança agora já crescida, mesmo que não estejam a viver perto um do outro.


O processo de ligação/vínculo entre a mãe e o seu bebé tem implicações tremendas para ambos e é afetado por diversos fatores na vida da mãe tais como:
. o ambiente
. as suas relações
. o seu estilo de vida e personalidade
. o seu estado físico e emocional
. as suas qualidades
. as suas ansiedades e medos

Ao estabelecer este laço entre os dois, podem ocorrer alguns desafios, quando uma mulher está sob stress ou pressão por um longo período de tempo. Uma mãe pode sentir uma ligação fraca ou até a ausência da mesma com o seu bebé quando tem dificuldade em ajustar-se às suas novas necessidades, quando resiste a fazer mudanças em função das necessidades do seu bebé, quando não se sente grávida e de facto está.

Fatores como partos traumáticos, a infância da mãe, stress, falta de apoio e, a influência do seu parceiro ou família, podem enfraquecer o vínculo entre a mãe e o bebé. Uma mãe que não fortaleça esta ligação, e não acolha às necessidades do seu bebé, está mais suscetível a sofrer de depressão pós-parto e menos apta para superar os desafios da amamentação. Conseguimos identificar potenciais problemas de ligação entre a mãe e o seu bebé antes da gravidez, durante a mesma e claramente no período de pós-parto.

Recorrer a ajuda e procurar apoio para curar antigos traumas e padrões, para se sentir mais conectada com o nosso bebé e melhorar todo o processo de vínculo entre os dois é pois uma ótima iniciativa para tornar a maternidade uma experiência mais positiva e enriquecedora, sem existir a necessidade de passar padrões menos positivos à próxima geração.


A gravidez e toda a maternidade é a maior e mais revolucionária experiência física e mental que alguma vez uma mulher passou!

 

A gravidez é uma ótima oportunidade para nos conhecermos melhor a nós mesmas e à nossa própria transformação de mulher para mãe, para aprendermos a ultrapassar os nossos desafios, para criar um local seguro para nos expressarmos e incorporar novas sensações e emoções positivas no nosso corpo e mente, que irão influenciar a experiência e perspetiva do bebé do mundo cá fora. Mesmo quando a mãe não sente a ligação com o seu bebé, precisa de entender que ela existe, a experiência de maternidades já começou, e a mãe e bebé estão numa fusão de no corpo, emoções, pensamentos e energia.

Tudo o que a mãe faz na sua gravidez vai influenciar, para sempre, a vida do seu bebé dentro e fora do útero. Quando a mãe vence desafios na sua gravidez está a ensinar o seu bebé que é possível superar medos emocionais e bloqueios, estimulando o sentimento de amor-próprio, valor próprio e confiança, tornando a conexão com o seu bebé mais positiva. Nas minhas sessões, as mães são desafiadas a experienciar o processo de ligação desde o princípio da gravidez.

A mãe aprende a tornar-se mais atenta, sensível e usar técnicas simples para aumentar o potencial do processo de conexão com o seu bebé. Isto pode levar algumas horas ou semanas, mas esta comunicação acontece não só a nível físico, como também a nível emocional, mental e energético. O laço emocional surge muito antes da ligação física que normalmente é experienciada entre as 18 e as 25 semanas, quando a mãe começa a sentir o movimento do bebé.

O período de gravidez é o tempo de transformação do nosso corpo, da nossa mente e da nossa vida, e é também o momento que a mulher precisa para crescer pessoalmente, e por vezes não é o que queríamos ou o que pensávamos que ia ser. Cada mulher deveria estar consciente do poder que vem com toda a maternidade e com a conexão que se estabelece com o bebé ainda por nascer, para permita deixar acontecer, deixar fluir e viva de forma mais positiva toda a sua experiência de gravidez, parto e pós-parto sem oferecer resistência.

O seu bebé é o seu melhor professor(a)!


O seu bebé também está aqui para ajudar no seu crescimento pessoal, para a ajudar a encontrar as melhores maneiras de fazer mudanças na sua vida que vão suportar as necessidades de ambos e vão levá-la a viver uma vida melhor.

Quanto mais uma mulher está presente no momento, quanto está consciente da sua capacidade de se acalmar, relaxar, deixar acontecer e fluir, melhor será o vínculo entre ambos cá fora. A mãe e o bebé estão a trabalhar em equipa, e a mãe consegue estar atenta não só a sim mas também às necessidades ou desconfortos do seu bebé, ao que o bebé quer e qo que não quer.

 

O bebé ainda por nascer comunica com a sua mãe durante a gravidez, é um ser totalmente consciente e sensivel, com as suas próprias necessidades e sentimentos.

 

A ciência agora comprova o que muitas mulheres têm vindo a sentir à séculos, que o bebé ainda por nascer responde ao toque, ao movimento e ainda que os bebés se apercebem do estado mental da sua mãe, através do seu batimento cardíaco, da sua voz, da forma como reage e se movimenta. A conexão hormonal entre ambos ajuda a mãe a acalmar o seu bebé se este estiver perturbado e o bebé envia sinais hormonais à sua mãe para a ajudar a lidar com situações de stress e equilibrar o seu sistema hormonal também.

O nascimento de uma criança irá transformar para sempre a sua vida, não importa o que faça, vai influenciá-la a si, ao seu parceiro e à sua família e vai alterar a realidade do mundo em que vive. É através do amor e do vínculo entre a mãe e o seu bebé que experienciamos pela primeira vez o que é o verdadeiro amor. Entender o potencial deste processo de ligação é vital para construir um mundo melhor, com mais afeto, amor e conexão.

  

Quem sou eu?

Olá! Eu sou Susana, sou educadora prénatal e professora de yoga. No meu dia a dia, se não estou com meus 3 filhos, eu ajudo e dou apoio às necessidades das novas mães e dos seus bebés. Sou a fundadora do Programa Yoga para Grávidas, Yoga pós-parto e Yoga para Toda a Família, autora do livro Yoga e Maternidade, membro da APPPAH (Associação de Psicologia e Saúde Pré-natal e Perinatal) e Presidente da Associação Norueguesa de Educação Prénatal. Para mim a gravidez, nascimento e maternidade conscientes envolvem uma conexão muito mais profunda connosco próprias, com o nosso corpo, com as nossas emoções, com o poder da maternidade em nós, e uma conexão mais profunda com bebé. Tenho mais de quinze anos de experiência como professora de yoga e hoje orgulho-me de ter ajudado centenas de mulheres um pouco por todo o mundo.


Junte-te à nossa comunidade de Mães

O Livro

O livro Yoga e Maternidade é o primeiro livro em Portugal, de uma autora portuguesa, dedicado aos benefícios do yoga durante a gravidez, para aliviar o stress e o desconforto típicos deste período, e para estimular o vínculo entre mãe e bebé.

Começando pela sua experiência pessoal de três gestações, educadora pré-natal e experiência da prática do yoga por mais de 20 anos, Susana Lopes oferece neste livro uma série de técnicas de respiração, posições, meditações e relaxamentos, adaptados às necessidades específicas das mulheres e que lhes permitem sentirem-se mais presentes em todas as diferentes fases da sua gravidez, aumentando o seu bem-estar, autoconfiança e oferecendo uma maior conexão e comunicação com a vida que está a ser gerada dentro de si.

Esta é uma leitura inspiradora acompanhada de fotos, ilustrações e informação acessível a mães, professores do yoga e profissionais que trabalham com gestantes.

Comprar o Livro